CONHEÇA TODAS AS UNIDADES E SUAS DEPENDÊNCIAS ATRAVÉS DE UM TOUR VIRTUAL 360º

Socioemocional

Estudantes como protagonistas da sua formação intelectual e subjetiva

Com tantas mudanças no mundo, é fundamental que as escolas apliquem um modelo educacional que valorize as competências socioemocionais, formando indivíduos mais empáticos e conscientes de si. Com aulas regulares na grade horária em todas as séries, o Programa Raízes trabalha com o que há de mais moderno na aprendizagem socioemocional, com ferramentas para uma formação intelectual e subjetiva.

Clique e Conheça as Raízes.

Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais
O Raiz do Afeto desenvolve competências como cooperação, empatia e compreensão dos sentimentos. Mais do que um programa socioemocional alinhado à BNCC, é um percurso que explora as relações intra e interpessoais. Assim, os alunos se tornam capazes de resolver conflitos internos e externos de maneira autônoma, criativa e inclusiva.

Ensino Fundamental Anos Finais, as aulas propõem dinâmicas com foco no indivíduo, convites à reflexão sobre assuntos da atualidade e aprimoramentos de métodos de estudo e organização. Como resultado, o adolescente faz a transição para o Ensino Médio consciente de suas características e convicções, ainda que sempre disposto a transformá-las.

No Ensino Médio, o trabalho socioemocional foca em métodos de estudo e em escolhas e posturas diante de questões individuais ou coletivas que surgem no fim da adolescência e no início da vida adulta, como relações interpessoais, mecanismos de controle da ansiedade e processos decisórios. A capacidade argumentativa – essencial no Enem, nos vestibulares e na vida adulta – é fortemente trabalhada a partir de temas contemporâneos, sempre tendo o estudante como protagonista.

O objetivo da formação socioemocional não é simplesmente ensinar o estudante a lidar com suas emoções, e sim orientá-lo no percurso de descobertas sobre si e sobre o mundo. Ao trabalhar a subjetividade de crianças e jovens, o Programa Raízes estimula equilíbrio e maturidade, condições fundamentais tanto para o alto rendimento na escola quanto para a vida adulta.